85 98117.4241

ouvinte@redeshalomderadios.com

85 3261.3600 / 3264.1863

Notícias

Feirão de renegociações de dívidas oferece descontos de até 90%

  • Publicado em 21/11/2019

O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) irá realizar o Feirão de Renegociação de Dívidas em Fortaleza e outras 14 cidades a partir desta quinta-feira (21) até 15 de dezembro deste ano. Mais de 120 empresas estarão participando da ação. Os descontos podem chegar até 90%.

A expectativa é que mais de 200 mil pedidos de negociações sejam feitas.

Os pedidos podem ser feitos online, pelo site Negociar Dívida do SPC Brasil, ou presencialmente, na sede da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL), no Centro.

Para quem optar pelo atendimento presencial, é preciso ir até a sede da CDL portando RG e CPF. Ao chegar no balcão, o consumidor poderá verificar os débitos em aberto e efetuar a renegociação. Depois desse procedimento, o consumidor poderá sair com o boleto impresso para pagar o novo valor. Após quitar a dívida, o prazo para que o nome saia do SPC é de até cinco dias úteis.

Já para o serviço online, é preciso realizar um cadastro no site. Ao consultar o CPF, estarão disponíveis tanto o valor da dívida como os seus respectivos credores. Após as confirmações de acesso, as pendências registradas na base do SPC Brasil e as disponibilizadas para negociação estarão disponíveis na área logada do consumidor.

Momento para renegociar

Segundo o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, o fim do ano é um bom momento para que o consumidor coloque as dívidas em dia devido ao pagamento do 13º salário e à liberação dos recursos do FGTS.

“Estamos nos aproximando das festas natalinas, que é um período em que todos gostam de presentear e aproveitar as promoções. Para isso, é importante fazer um esforço para quitar as dívidas e consumir com responsabilidade para não reincidir nos atrasos”, afirma o presidente.

Confira alguns setores que estarão presentes na ação:

- Bancos

- Consórcios

- Operadoras de telefonia

- Construtoras

- Supermercados

- Empresas do comércio

- Setor de serviços

- Formas de atendimento

Fonte: G1 CE