85 98117.4241

ouvinte@redeshalomderadios.com

85 3261.3600 / 3264.1863

Notícias

Feira da Beira-Mar será transferida para o Aterro da Praia de Iracema em agosto

  • Publicado em 13/06/2019


A partir de agosto, 663 boxes da tradicional feira da Beira-Mar, em Fortaleza, deverão ser remanejados para a Praia de Iracema, onde ocuparão uma parte da faixa de areia. A mudança, que ainda está sendo alinhada pela Prefeitura da capital, acontecerá por conta das obras de requalificação da orla.

A transferência temporária do tradicional comércio se justifica em função das melhorias urbanísticas previstas no local da feira, que fica próximo ao Náutico. O espaço receberá zoneamento, boxes comerciais padronizados, além de piso e iluminação novos.

De acordo com a Regional II, permissionários e ambulantes que trabalham na Beira-Mar estão em processo de cadastramento. Junto com os boxes, outras 1.342 autorizações temporárias também foram entregues a ambulantes.

Receio

Os feirantes, contudo, veem com receio as futuras mudanças. Trabalhando há 32 anos na área, Francisco Moreira de Souza teme que não haja uma data para o retorno dos trabalhadores, assim como a vendedora de bijuterias Maria das Graças Teixeira. “Vimos a demora que foi o Mercado dos Peixes, temos medo que aconteça a mesma coisa e a gente acabe prejudicado, porque é nossa renda que está em jogo”, disse ela.

Já Ilma Cardoso, que comercializa roupas infantis, sugere a continuidade dos serviços no mesmo local. “A nossa ideia é que a gente fique ocupando uma parte daqui enquanto acontecem as obras. Que a gente fique com o espaço mais reduzido, mas permaneça aqui e depois vá alternando o local. Ninguém aqui quer ir pra longe”, declara.

Com a retirada e realocação dos boxes, os feirantes acreditam que a transferência possa causar impactos negativos nas vendas. Diante da apreensão dos profissionais, o presidente da Associação dos Feirantes da Avenida Beira-Mar (Asfabem), Djalma Rios, comunicou que uma comissão será criada para representar os vendedores.

“Apreensivo todo mundo fica com qualquer mudança. Mas se é para o nosso bem, que venha essa reforma e a gente converse sobre como vai ser essa saída momentânea”, afirma Djalma. Conforme diz, a informação repassada a ele é que os boxes funcionarão sobre tablados de madeira na Praia de Iracema e que os produtos ficarão em baús ao final da feira, seguindo a logística já existente.

A Regional II informou que a permanência dos feirantes no novo local será “temporária e irá durar até a conclusão das intervenções urbanísticas do trecho onde a feira ocorre atualmente” e que “tem prestado toda a assistência necessária aos permissionários e ambulantes por meio de reuniões e suporte da equipe técnica da Coordenadoria de Ordenamento do Território”.

Fonte: G1 CE