85 98117.4241

ouvinte@redeshalomderadios.com

85 3261.3600 / 3264.1863

Clube do Ouvinte da Paz

Benfeitor e você: Ser pobre é partilhar os bens

  • Publicado em 12/11/2018

Após a vinda do Espírito Santo, os apóstolos perderam o medo de anunciar Cristo. Já durante a primeira exortação de Pedro, três mil homens se converteram. Eles estavam tão inflamados pelo Espírito que arrastavam multidões com suas palavras e os milagres que realizavam em nome de Jesus. Ali, nasciam as primeiras comunidades cristãs.

As pessoas perseveravam na doutrina dos apóstolos, nas reuniões em comum, na fração do pão e nas orações. Tudo entre eles era colocado em comum, a multidão dos fieis tinha um só coração e uma só alma, fruto da presença do Espírito Santo. O Espírito nos leva a partilhar. Tudo pertencia a todos: os dons, os bens imateriais e materiais, não havia necessitados entre eles não só de coisas físicas, mas espirituais.

O Senhor nos convida a vivermos essa mesma unidade. Nosso exemplo deve ser sempre a Santíssima Trindade. O Senhor chama cada cristão a buscar àqueles que Ele ama, para que possa agir para com eles com perdão, mansidão, paciência, generosidade, bondade, alegria, dedicação, amor, serviço.

"A multidão dos fiéis era um só coração e uma só alma. Ninguém dizia que eram suas as coisas que possuía, mas tudo entre eles era comum. 33.Com grande coragem os apóstolos davam testemunho da Ressurreição do Senhor Jesus. Em todos eles era grande a graça. 34.Nem havia entre eles nenhum necessitado, porque todos os que possuíam terras ou casas vendiam-nas, 35.e traziam o preço do que tinham vendido e depositavam-no aos pés dos apóstolos. Repartia-se então a cada um deles conforme a sua necessidade. 36.Assim José (a quem os apóstolos deram o sobrenome de Bar¬nabé, que quer dizer Filho da Consolação), levita, natural de Chipre, possuía um campo. 37.Vendeu-o e trouxe o valor dele e depositou aos pés dos apóstolos."

SEJA UM BENFEITOR DA PAZ, CLICANDO AQUI!

CONTATO: 0800-602-2829

PRODUÇÃO: Guilherme Rocha