85 98117.4241

ouvinte@redeshalomderadios.com

85 3261.3600 / 3264.1863

Notícias

ENEM 2018: Ansiedade e esperança se misturam nos locais de prova

  • Publicado em 05/11/2018

Milhares de alunos fizeram o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no domingo (4). As provas de Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e a Redação eram tratadas com otimismo pela maioria dos estudantes que se aglomeraram nos portões dos locais de prova. Chegaram cedo para dar um passo a mais rumo aos caminhos abertos pela pontuação do exame nacional.

s provas continuam no próximo domingo (11), com os temas Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemático e suas Tecnologias. Barracas de comida, água, grupos de escolas da Capital e estudantes ansiosos se espalharam pelas ruas e mostraram que esses não são domingos comuns. Ontem, em todo o País, a prova começou a ser aplicada, pontualmente às 12h (horário de Brasília). No Ceará, os portões foram liberados a partir das 11h, por conta do horário de verão, e foram fechados ao meio-dia. "Perdemos noites de sono. Foi um ano muito intenso", afirmou Edmara Souza, de 18 anos, aluna da Escola de Ensino Médio Professor Otávio Terceiro de Farias.

Ao lado dela, a amiga Thainara Xavier, que também prestou o exame, falou sobre a expectativa. "A preparação foi feita com muitos aulões e alguns intensivos na nossa escola", comentou a jovem.

Abraços grátis

Para ajudar no nervosismo, houve quem aparecesse para oferecer apoio emocional aos estudantes. Um grupo da Universidade Estadual do Ceará (Uece) chamou atenção por distribuir abraços grátis, além de orações para quem se interessasse. "Viemos tentar acalmar o nervosismo e ajudar nesse dia tão esperado por eles", explicou Pedro Lopes.

Mesmo com o horário de verão, apenas uma pessoa chegou atrasada na Uece no domingo (4). Cerca de cinco minutos após o fechamento dos portões, uma jovem não conseguiu entrar, mas optou por não se pronunciar.

"Deixei tudo pronto: roupa, água, merenda, documentos e cartão de inscrição. Nada se pode deixar para última hora"
Verbene de Sousa (Mãe de uma estudante)

Na Universidade de Fortaleza (Unifor), 4,5 mil candidatos fizeram as provas. Destes, 2,7 mil eram de escolas públicas. Ao todo, 107 mil candidatos da rede estadual de ensino fizeram o Enem 2018, no Ceará, conforme a coordenadora da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), Priscilla Souza.

Como na Uece, apenas uma estudante que foi à Unifor não conseguiu fazer a prova. Isabelle da Silva, 19 anos, chegou no horário, mas não levou o documento com foto. Nervosa, tentou explicar, mas não convenceu aos porteiros. "É a terceira vez que tento o Enem. Infelizmente, vou ter que adiar mais uma vez", comenta a jovem, que quer cursar Administração de Empresas.

107 Mil alunos de escola pública fizeram o exame 
De acordo com a Seduc, mais de uma centena de candidatos inscritos no Enem 2018 vinham da rede pública de ensino.