85 98117.4241

ouvinte@redeshalomderadios.com

85 3261.3600 / 3264.1863

Jornal Nova Expressão

Tite fecha testes na seleção com aposta em veteranos e homens de confiança

  • Publicado em 29/10/2018

convocação da seleção brasileira, feita nessa sexta-feira (26) encerrou o período de testes de Tite. Depois dos amistosos contra Uruguai e Camarões, em Londres, o foco passa a ser na definição e preparação do grupo para a Copa América, em junho do ano quem. Nessa etapa final de experiências, a comissão técnica optou por uma postura conservadora.

Com 15 jogadores que disputaram a Copa de 2018, Tite apostou em homens de confiança, incluindo veteranos, e em poucas novidades. A sinalização de foco no resultado imediato no ano que vem, na Copa América, é clara.

Na lateral esquerda, Alex Sandro, presente nas últimas duas convocações, ficou de fora. Foram convocados Marcelo e Filipe Luís, os laterais brasileiros na Copa. A defesa teve Miranda, e Thiago Silva, com problemas musculares, ficou de fora.

O comandante ainda citou nominalmente Fagner e Fernandinho, dupla que também esteve no Mundial, como alternativa em futuros jogos.

"Não veio o Fernandinho, mas não que eu não quisesse. Ele vai retornar. Vejo ele como grandes virtudes morais e técnicas para estar aqui. Não sei na próxima Copa do Mundo, mas tem qualidade para estar aqui em curto prazo", afirmou.

Uma das principais surpresas foi o retorno de Paulinho. Com o volante, Tite mostra que os nomes mais contestados durante a disputa do Mundial seguem nos planos. Gabriel Jesus e Willian, que também sofreram com as críticas na Rússia, também foram convocados em duas das três datas pós-Copa.

Se Allan ganhou oportunidade no meio de campo nesta convocação, os atacantes David Neres e Vinicius Júnior passam pelo período de testes sem serem chamados. O ataque brasileiro em Londres será formado pelos mesmos jogadores que estiveram na Copa, além de Richarlison, que impressionou a comissão nas viagens aos Estados Unidos, em setembro, e El Salvador, em outubro.

Dos ausentes que se enquadram na categoria de novatos, Lucas Paquetá parece ser a menina dos olhos de Tite. Durante sua entrevista, o treinador citou o jogador do Flamengo em diversas oportunidades e deixou claro que o jogador foi "punido" pelo calendário brasileiro, ao contrário do volante Arthur, que atua no Barcelona.

"Será que se o Paquetá não tivesse vindo para a seleção brasileira teria sido vendido pelo valor que foi? Se eu tivesse mais tempo com Paquetá, será que ele não estaria na equipe titular?", questionou, na entrevista coletiva.

Os últimos compromissos da equipe verde e amarela em 2018 serão contra Uruguai e Camarões, nos dias 16 e 20 de novembro, e ambos serão disputados na Inglaterra. A comissão técnica deseja fazer jogos no Brasil antes do início da competição continental.

FONTE: UOL Esporte

FONTE (sonora): Agência Rádio Web