85 98117.4241

ouvinte@redeshalomderadios.com

85 3261.3600 / 3264.1863

Tempo de Viver

Cerco de Jericó: Estudo Bíblico do dia 19-09-18 (QUA)

  • Publicado em 19/09/2018

Tema: Ascendência de Jesus

Indicação: Leia atentamente Mateus 1, 1-16, contemple a genealogia de José e abra seu coração para orar com essa genealogia, colocando a sua própria genealogia.

"Genealogia de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão. 2.Abraão gerou Isaac. Isaac gerou Jacó. Jacó gerou Judá e seus irmãos. 3.Judá gerou, de Tamar, Farés e Zara. Farés gerou Esron. Esron gerou Arão. 4.Arão gerou Aminadab. Aminadab gerou Naasson. Naasson gerou Salmon. 5.Salmon gerou Booz, de Raab. Booz gerou Obed, de Rute. Obed gerou Jessé. Jessé gerou o rei Davi. 6.O rei Davi gerou Salomão, daquela que fora mulher de Urias. 7.Salomão gerou Roboão. Roboão gerou Abias. Abias gerou Asa. 8.Asa gerou Josafá. Josafá gerou Jorão. Jorão gerou Ozias. 9.Ozias gerou Joatão. Joatão gerou Acaz. Acaz gerou Ezequias. 10.Ezequias gerou Manassés. Manassés gerou Amon. Amon gerou Josias. 11.Josias gerou Jeconias e seus irmãos, no cativeiro de Babilônia. 12.E, depois do cativeiro de Babilônia, Jeconias gerou Salatiel. Salatiel gerou Zorobabel. 13.Zorobabel gerou Abiud. Abiud gerou Eliacim. Eliacim gerou Azor. 14.Azor gerou Sadoc. Sadoc gerou Aquim. Aquim gerou Eliud. 15.Eliud gerou Eleazar. Eleazar gerou Matã. Matã gerou Jacó. 16.Jacó gerou José, esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado Cristo."

Entenda o texto e mergulhe no que o Espírito de Deus lhe mover a orar:

Pode ser que pareça a você que Mateus escolhe uma forma muito estranha de começar seu evangelho. Pode-se pensar que confrontar de entrada ao leitor com uma longa lista de nomes é um procedimento muito pouco pedagógico. Mas para um judeu esta genealogia era uma forma natural de começar, interessante e até poderia dizer-se essencial tratando-se da história da vida de um homem.

A organização desta genealogia é de caráter simbólico; representa certas características da totalidade da vida humana. Está dividida em três seções, que correspondem a três etapas importantes da história judia. A primeira etapa culmina com Davi. Davi foi o homem que fez de Israel uma nação e converteu os judeus em uma potência mundial. A primeira seção leva a história até o momento do maior rei dos judeus. A segunda seção vai até o exílio em Babilônia. É a etapa que registra a vergonha, tragédia e desastre da nação hebréia. A terceira seção chega até Jesus Cristo. Jesus Cristo foi a pessoa que liberou os homens de sua escravidão e os resgatou de seu desastre, em quem a tragédia se converte em triunfo.
Estas três seções representam três etapas da história espiritual da humanidade. 1 - O homem nasce para a grandeza.

"Deus criou ao homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou" (Gênesis 1:27). "Disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança" (Gênesis 1:26). O homem foi criado à imagem de Deus. O sonho de Deus para o homem era um sonho de grandeza. O homem foi feito para a comunhão com Deus. Foi criado de tal maneira que pudesse chegar a ser "parente" de Deus. Tal como o entendia Cícero, o pensador romano, "A única diferença entre Deus e o homem está no tempo". O homem nasceu essencialmente para ser rei.
 
2 - O homem perde sua grandeza. Em lugar de ser servo de Deus o homem se converte em escravo do pecado. Como diria G. K. Chesterton:

"Seja o que for certo em relação ao homem, não pode sustentar-se que é aquilo para o qual foi criado". Usou seu livre-arbítrio para desafiar e desobedecer a Deus, em vez de usá-lo para entrar em comunhão e amizade com Ele. Converteu-se em um rebelde contra Deus, antes que em seu amigo. Fazendo uso de seu próprio arbítrio, o homem frustra o intuito e plano de Deus para sua criação.

3 - O homem recupera sua grandeza.

Mas até então Deus não abandona o homem, nem o deixa entregue à sua própria sorte. Deus não permite que o homem seja destruído por sua própria loucura. Até nessa situação, não se permite que o final da história seja trágico. Deus enviou seu Filho ao mundo, a Jesus Cristo, para resgatar o homem do pântano do pecado, no que estava perdido, e libertá-lo das cadeias do pecado, com que ficara aprisionado, para que, através dele, o homem pudesse recuperar a comunhão com Deus que tinha perdido.

Nesta genealogia Mateus nos mostra como se obtém a grandeza majestática; a tragédia da liberdade perdida; a glória da liberdade restaurada. E esta, na misericórdia de Deus, é a história da humanidade e de cada homem individualmente.

Qual a sua história? Como recomeçar a reescrever sua história segundo a ótica de Deus?

Diante das informações prestadas, responda em oração reescrevendo a sua história segundo o Senhor.