85 98117.4241

ouvinte@redeshalomderadios.com

85 3261.3600 / 3264.1863

Tempo de Viver

Cerco de Jericó: Estudo Bíblico do dia 18-09-18 (TER)

  • Publicado em 18/09/2018

Tema: A história maravilhosa de Israel.

Indicação: Leia em oração o Salmo 104, 5-24 e deixe-se visitar por Deus que protege o seu povo e os torna mais forte que seus inimigos.

Recordai as maravilhas que operou, seus prodígios e julgamentos por seus lábios proferidos, 6.ó descendência de Abraão, seu servidor, ó filhos de Jacó, seus escolhidos! 7.É ele o Senhor, nosso Deus; suas sentenças comandam a terra inteira. 8.Ele se lembra eternamente de sua aliança, da palavra que empenhou a mil gerações, 9.que garantiu a Abraão, e jurou a Isaac,
10.e confirmou a Jacó irrevogavelmente, e a Israel como aliança eterna, 11.quando disse: Dar- te-ei a terra de Canaã, como parte de vossa herança. 12.Quando não passavam de um reduzido número, minoria insignificante e estrangeiros na terra, 13.e andavam errantes de nação em nação, de reino em reino, 14.não permitiu que os oprimissem, e castigou a reis por causa deles. 15.Não ouseis tocar nos que me são consagrados, nem maltratar os meus profetas. 16.E chamou a fome sobre a terra, e os privou do pão que os sustentava. 17.Diante deles enviara um homem: José, que fora vendido como escravo. 18.Apertaram-lhe os pés entre grilhões, com cadeias cingiram-lhe o pescoço, 19.até que se cumpriu a profecia, e o justificou a palavra de Deus. 20.Então o rei ordenou que o soltassem, o soberano de povos o livrou, 21.e o nomeou senhor de sua casa e governador de seus domínios, 22.para, a seu bel-prazer, dar ordens a seus príncipes, e a seus anciãos, lições de sabedoria. 23.Então Israel penetrou no Egito, Jacó foi viver na terra de Cam. 24.Deus multiplicou grandemente o seu povo, e o tornou mais forte que seus inimigos.

Em oração e contemplação, entenda o contexto do salmo e responda anotando tudo o que o Senhor te falar.

Este lindo salmo começa com o salmista pedindo a sua alma para bendizer ao Senhor e finaliza da mesma forma após viajar pela criação de Deus, sua providência, manutenção e cuidado. Tudo Deus fez (seu trabalho) para a sua glória e nela encontramos a vida que são as cores a nos encantar.

Deus, de fato, nos fez especiais por podermos contemplar tudo o que ele criou e mantém. Somos feitos à sua imagem e à sua semelhança! Somos seres contemplativos que admiramos o belo, a ordem, a coisa bem feita, o progresso e somos capazes de sorrir e de amar.

O ódio, a mentira, o pecado não faz parte da vida, mas do reino parasita que terá seu fim como bem anuncia o salmista já no final deste belo salmo. Os pecadores deixarão de existir! Por um tempo, eles estão conosco; por mais um tempo, onde estão eles? Desapareceram para sempre...

Eu vejo neste salmo o grande tema de minha constante pregação. Não há lugar que eu pregue, nem mensagem que eu transmita, por ordem de Deus, que eu não exalte a soberania de Deus que neste salmo é destacada.

Até os leõezinhos esperam das mãos de Deus o alimento. Eu agora fiquei na dúvida: será que eles fazem a Deus orações e depois agradecem? Certamente que sim! Todos nós temos a ilusão de que é nossa grande força, trabalho e inteligência que põe à nossa mesa o nosso sustento diário... Ah, se não fosse a providência e o cuidado de Deus derramado em nossos corações mediante a sua graça e misericórdia!
 
Lançou os fundamentos da terra é uma forma poética de descrever como Deus criou os céus e a terra. Abismo é o mesmo termo empregado em Gênesis 1.2. A tua repreensão. O poeta relembra que Deus fez subir a terra seca da água, em Gênesis 1.9,10. A voz de Deus é geralmente tratada como repreensão ou trovão.

Entenda os versículos de 5-24:

Limite é um tema comum na literatura de sabedoria (Pv. 8.29). O controle de Deus sobre a turbulência das águas (Sl 93) prova que Ele, não Baal, é o verdadeiro Soberano.

Nascentes. Saindo da exaltação dos versículos 1-9, o poema, diminuindo de tom, chega às nascentes dos vales e aos jumentos que bebem delas. Tudo é pacífico, agradável e sob a proteção maravilhosa do Senhor Deus (Sl 147.8).

E a verdura. A base desta parte é Génesis 1.11-13, os atos criativos de Deus no terceiro dia. Aqui, o salmista menciona o verdadeiro objetivo da criação de Deus: atender às carências do ser humano. Vinho, azeite e pão — gêneros de primeira necessidade em Israel — são bênçãos de Deus que enriquecem a vida.

Árvores e montes desempenham importante papel na ecologia para a vida animal. A obediência cristã a esses versículos inclui o cuidado com o habitat dos animais e o meio ambiente. Nessas coisas, Deus tem prazer; como podemos ignorá-las?

Estações. Aqui, são repassados os acontecimentos do quarto dia da criação (Gn 1.14- 19). A mensagem é a de que Deus estabeleceu os diversos padrões da vida terrena.

Os sábios escritores hebreus olhavam o mundo com admiração e reverência, pois ele refletia a sabedoria de seu Criador.

Mergulhe na poesia magnífica do salmista que recorda as maravilhas do Senhor.