85 98117.4241

ouvinte@redeshalomderadios.com

85 3261.3600 / 3264.1863

Tempo de Viver

Cerco de Jericó: Estudo Bíblico do dia 15-09-18 (SAB)

  • Publicado em 15/09/2018

Tema: Funerais de Jacó

Indicações: Leia Genesis 50, 1-11, entre nessa grande dinâmica de respeito e amor, de gratidão a Deus e às pessoas que nos amam neste mundo.

".José atirou-se então sobre o rosto de seu pai e o beijou chorando. 2.Ordenou depois aos médicos que o serviam, que embalsamassem seu pai; e os médicos embalsamaram Israel. 3.Gastaram nisso quarenta dias, que é o tempo necessário ao embalsamamento. Os egípcios choraram-no durante setenta dias. 4.Passado o tempo do pranto, José disse à casa do faraó: “Se achei graça aos vossos olhos, dizei de minha parte ao faraó 5.que meu pai me fez jurar-lhe: Eu vou morrer, disse-me ele; tu me enterrarás no túmulo que adquiri na terra de Canaã. Permite-me, pois, subir e enterrar meu pai; depois voltarei”. 6.O faraó respondeu: “Vai sepultar teu pai como ele te fez jurar”. 7.José partiu para sepultar seu pai. Todos os servos do faraó, os anciãos de sua casa e todos os anciãos do Egito, 8.toda a casa de José, seus irmãos e a casa de seu pai o seguiram. Deixaram na terra de Gessém somente seus filhinhos, suas ovelhas e seus bois. 9.Carros e cavaleiros acompanhavam-no, de sorte que a caravana era muito grande. 10.Chegando à eira de Atad, além do Jordão, fizeram uma grande e solene lamentação, e José celebrou, em honra de seu pai, um pranto de sete dias. 11.Vendo esse pranto na eira de Atad, o povo daquela terra disse: “Grande pranto é esse dos egípcios!” Daí o nome de Abel-Misraim dado a esse lugar, que está situado além do Jordão."

Entenda o texto e em oração anote tudo o que o Senhor colocar em seu coração.

Nós chegamos no capítulo final do livro dO Gênesis. Aqui é recordada a morte de Jacó e de José. Nesta ocasião, Israel não passava de uma grande família. Nada parecia mais improvável do que o cumprimento da profecia de que Israel se tornaria uma grande nação e herdaria Canaã. Mas estes dois homens morreram com uma fé inabalável.

I. A TRISTEZA

Até mesmo os santos sentem tristeza na morte dos seus amados. Entretanto, as promessas do Evangelho nos mantém longe do desespero que o mundo demonstra nesta hora.

II. PREPARO PARA O FUNERAL

Ao fazer os preparativos para o funeral do seu pai, José tinha três coisas para observar:

A. O corpo de Jacó deveria ser devidamente embalsamado. No Egito isto era um processo muito elaborado. Os Egípcios eram tão habilidosos nesta arte, que hoje todos nós somos familiarizados com a extraordinária preservação de suas múmias.

B. No caso de pessoas consideradas importantes, como Jacó, um certo período de luto era observado. Os Cristãos devem observar certos costumes, desde que estes não sejam contrários a palavra de Deus. Nós nunca devemos fazer ofensas desnecessárias.
 
C. José precisava da autorização do Faraó para remover o corpo do seu pai para Canaã.

III. O ENTERRO

O enterro de Jacó foi realmente um negócio de Estado e acompanhado de um grande cortejo. O Egito era a maior nação e Jacó era o pai de seu líder.

Jacó foi enterrado na mesma cova onde Abraão e Isaque foram colocados. O povo de Deus tem tratado do corpo dos seus que partiram com muito respeito. Isto é porque eles acreditam que o corpo também foi remido por Cristo e será um dia ressuscitado para ser imortal. Aqueles que não crêem na futura ressurreição do corpo, não compreendem como os Cristãos encaram o enterro. O enterro é para nós mais um semear do que uma disposição do corpo.

Não se esqueça de anotar tudo o que o Senhor te fizer lembrar de sua própria vida.